quinta-feira, 28 de julho de 2011

Todos aguardando o acórdão

Principal sonho de consumo dos educadores, depois do julgamento da ADIN contra o Piso, a publicação do acórdão pelo STF pode colocar fim a um pesadelo vivido por muitos professores. O motivo é que tal acórdão deve deixar claro como o Piso deve ser aplicado e desde quando deve ser retroativo. A esperança é que sua publicação aconteça jà neste início de agosto. Tomara.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Vídeo 1 da Caça ao Governador Fora da Lei (20/7/2011)


Estava lá, como não podia deixar de ser, uma banda toda preparadinha para recepcionar o desgovernador. Em sua maioria, eram crianças que nem sabiam, nem conheciam a verdadeira história do homem que iriam recepcionar. O fato é que nós também estávamos ali pra isso: recepcioná-lo e, por que não, decepcioná-lo por ele não nos pagar o que é justo e previsto na Lei. O nosso recado era mais urgente. Não se ouviu a banda, mas o coro acima. A banda toca numa próxima vez que o nosso governador estiver merecendo, quer dizer, depois que ele estiver nos pagando o Piso.

Vídeo 2 da Caça ao Governador Fora da Lei


Bravos colegas conseguiram furar o forte bloqueio ao redor do "reizinho mandão" e dar o recado mais de perto ao desgovernador: não abrimos mão do Piso! Quando descobertos, os infiltrados, foram logo retirados pela Polícia do Anastasia. Dizem que a cidade só tem quatro policiais, mas nesse dia parece que ela ia ser atacada de tanto policial que tinha lá. O fato é que estes heróis de Venda Nova (desculpem se estiver errado) foram muito corajosos e se arriscaram por todos. Foram liberados logo, logo. Parabéns a eles! Batam palmas pra eles! Eles merecem!

Vídeo 3 da Caça ao Governador Fora da Lei (20/7/2011)


Tamanha zoeira e disposição tiraram literalmente o Anastasia do ar. O barulho foi tanto que os organizadores tentaram de tudo para nos neutralizar. Fecharam as portas de um galpão com folha de zinco (quase cozinham os convidados), arrumaram mais caixas de som (aumentamos o barulho), desligaram a TV que ficou do lado de fora porque gritávamos e apitávamos ainda mais ao ver o dito cujo. Não teve jeito: quem saía de lá de dentro afirmava que não dava pra ouvir nada que eles falavam ao microfone. Viva nós!!!

Vídeo 4 da Caça ao Governador Fora da Lei (20/7/2011)


O governador fujão, que não respeita a educação, tem de sair pelos fundos porque não tem coragem de encarar os educadores. Saiu ouvindo vaias, assobios e palavras de ordem como:
- Fora da Lei... fora da Lei...
- Governador fujão, respeite a educação1
- Liberdade, ainda que tardia! Os educadores vão acabar com Anastasia.
Os convidados, puxa-sacos, seja lá o que for dele, ficaram de boca aberta com tamanha disposição dos educadores. Alguns comentavam: __ Como esse povo consegue fazer tanto barulho?
E tome vaia!!!

Vídeo 5 da Caça ao Governador Fora da Lei (20/7/2011)


Aqui é o momento em que o Terminal Rodoviário de São Gonçalo do Pará foi fechado porque o desgovernador estava ao lado, em uma escola municipal. Foi aqui que uma tal de "Maria do Carmo", dizem prefeita de uma importante cidade da região metropolitana, nos mandou ir trabalhar pra fazer bonito na frente dos convidados do desgovernador.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Deputado Zé Maia ofende educadores mineiros

A ofensa (devidamente comprovada) aconteceu durante uma audiência pública na ALMG, quando os educadores insistiam em discutir a implementação do Piso Salarial. Como os professores insistiam em não deixar a reunião prosseguir com outro assunto (a dívida do Estado com a União), o tal deputado, escondendo-se atrás de sua imunidade parlamentar, acusou os educadores de estarem sob o efeito de "alguma substância". Qualquer um entende o que ele quis dizer. Ofendeu, assim, a toda uma classe que luta legalmente pelo cumprimento da Lei do Piso pelo governo de Minas.


Esclarecimento ao deputado: A substância que corre em nossas veias e sob efeito da qual sempre vivemos é uma substância vermelha chamada sangue, diferente daquela que certamente corre em vossas veias que muitos chamam de "sangue de barata".

Acesse e veja a matéria completa:

http://www.viomundo.com.br/denuncias/deputado-mineiro-atribui-protesto-de-professores-em-greve-a-ingestao-de-alguma-substancia.html


domingo, 3 de julho de 2011

"Matemático do diabo" se esconde atrás da polícia

O governador Anastasia acaba de fazer mais uma de suas proezas. Além de neste mês mandar descontar dias de greve dos professores no pagamento (o que é uma proeza e tanto, pois já não há onde tirar mais!), ontem, na cidade de Rio Espera, saiu às pressas de uma solenidade de inauguração, escoltado mais uma vez pela polícia (que o blinda, não porque ele valha muito, mas porque lhes paga melhor que aos professores). A polícia, no afã de proteger o "reizinho mandão", abusou, espancando e prendendo um professor. Este só foi liberado após muito alarde de seus colegas de luta. Como se vê, parece que Minas é um outro país... ou uma continuação do Rio.

Abaixo a covardia! Pague o Piso, já!